Conheça os 5 erros que as empresas cometem com a tecnologia – e como corrigi-los

Conheça os 5 erros que as empresas cometem com a tecnologia – e como corrigi-los

A modernização já é parte fundamental do cotidiano das empresas. Porém, ainda que os investimentos das empresas brasileiras sejam de US $ 64 bilhões (o equivalente a R $ 266 bilhões) em 2020, de acordo com o levantamento do Gartner , a maior parte deles ainda com muitos erros quando o assunto é tecnologia .

Na Tentativa de Ser Mais Eficiente, Inovador e Produtivo, tres em Cada Quatro Iniciativas de Transformação digitais nao tem o resultado esperado, Segundo Estudo da McKinsey & Co . Isso se deve aos erros mencionados anteriormente. Mas você sabe quais são eles?

Para usar o Wiser XP para descobrir e até o mesmo para corrigir esses desacertos, cinco dos principais recursos deslizantes e possíveis soluções que podem ser aplicadas ao seu negócio. Fique de olho nos tópicos a seguir e saiba mais sobre o assunto.

Clique aqui para saber o que deve ser feito para escolher uma solução tecnológica.

5 erros que sua empresa pode cometer com uma tecnologia

 

  • Falta de planejamento: se você está desesperado, porque todos os seus agentes estão envolvidos na adoção de estratégias digitais e alcançados – simplesmente contratando alguma ferramenta tecnológica, pode parar o problema que está aí!

Modificações como este uso mínimo de planejamento. Consulte especialistas no assunto, pesquise e teste diversas plataformas antes de comprar. Além disso, faça uma simulação de gastos para evitar que mais uma empresa possa arcar. Assim, terá um controle maior quando de fato para implantar.

 

  • Não ouvir os usuários: uma área de TI acredita que quem é qual é a melhor ferramenta para os colaboradores de toda a empresa e, confiantes, os diretores que aprovam uma contratação. Não demora até que eles percebam que os resultados não são os mesmos e que o tempo está descontente. Isso porque os funcionários não puderam opinar sobre suas necessidades.

A melhor solução neste caso é ouvir aqueles que utilizam essa tecnologia . Dessa forma, além de sentir importantes e reconhecidos pela empresa, os usuários podem ter suas solicitações atendidas, seu cotidiano facilitado e tornar mais produtivos e eficientes.

 

  • Falha no alinhamento: algumas organizações entendem pouco sobre o significado da transformação digital e, por isso, podem criar um projeto do setor de TI. Essa ideia errônea faz com que a cultura colaborativa, necessária para mudanças corporativas, não seja instaurada na empresa.

O ideal é focar mais no cliente e em como atendê-lo melhor. Isso promove um olhar mais sensível para a experiência do seu público, sua jornada de compra e quais as estratégias que podem ser usadas para isso. A transformação digital faz parte do combo.

Quer saber mais sobre isso? Clique aqui.

 

  • Equipe despreparada: você contrata uma nova tecnologia para otimizar os processos e tornar o dia a dia da sua empresa mais produtivo. No entanto, seu time de TI não tem qualificações necessárias para ajudá-lo na implantação desse projeto. Isso gera um estresse enorme para você e seus colaboradores, independente de que setor são.

A melhor forma de resolver isso é capacitar os responsáveis pela área. Caso eles não estejam preparados e o tempo de adaptação seja curto, verifique a possibilidade de contratar alguém mais qualificado para dar suporte por um período específico.

 

  • Subestimar a segurança: todo o seu banco de dados está na rede e sua organização nunca sofreu um ataque sequer – até sofrer e perceber que suas medidas de segurança eram antiquadas, defasadas e com diversas brechas. Essa acomodação com o que sempre deu certo pode causar danos financeiros e de confiabilidade capazes de falir uma empresa.

Para não correr esse risco, é de suma importância manter as soluções de cybersecurity atualizadíssimas, mesmo que isso lhe custe um valor mensal, e monitorar constantemente e em tempo real possíveis ameaças. Dessa forma, é possível interromper e combater os ataques assegurando a estabilidade dos serviços e a privacidade dos usuários.

Quais tecnologias podem contribuir no cotidiano da sua empresa?

Investir no local de trabalho traz inúmeros benefícios, segundo o levantamento da Condeco. Dentre eles, estão o aumento de 37% em produtividade e de 26% em inovação. Além disso, também dá à equipe 24% mais flexibilidade e agilidade, 22% a mais de saúde e bem-estar, e ainda reduz em 25% os custos da empresa.

Por meio da Wiser XP, partner da Condeco, chegou recentemente no Brasil uma tecnologia criativa e inovadora voltada para o gerenciamento eficiente de espaço físico e voltada para estações de trabalho que é extremamente útil para os setores de TI, RH e Facilities.

Esta solução fornece ferramentas e dados para implementar e gerenciar espaços flexíveis, dinâmicos e rotativos para equipes ágeis. Com um aplicativo fácil de usar, ajuda na localização e reserva de mesas que atendam às suas necessidades.

A Wiser XP também tem um software focado na reserva de salas de reunião, catering, videoconferência, fornecendo uma visão clara das reservas, necessidades e disponibilidades. Quando a reunião muda, tudo é atualizado em um processo rápido, mantendo todos informados.

Com ele, é possível marcar, selecionar a sala, convidar participantes, adicionar serviços e até mesmo alterar ou desmarcar tudo por meio do seu e-mail ou do aplicativo no seu celular. Além disso, também permite que se conecte com ferramentas de videoconferência.

A Sodexo, empresa líder em gerenciamento de serviços focada na qualidade de vida, conseguiu diminuir seus gastos em R $ 13,5 milhões de reais com a implementação de soluções comercializadas pelo Wiser XP no local de trabalho, que maximizou o uso de seus imóveis e migrar para um ambiente integrado e versátil.

Quer saber mais sobre esse caso? Clique aqui e confira .

A importância de ser assertivo na contratação de soluções

Entendeu qual o impacto das decisões equivalentes ao seu negócio? Agora que você já sabe quais atitudes tomar e o impacto positivo de incluir a tecnologia no seu ambiente corporativo, visite o blog e conheça mais sobre os armazenamentos 4.0 e saiba quais inovações você pode colocar em prática.

People Analytics: a importância de analisar dados dos seus colaboradores

People Analytics: a importância de analisar dados dos seus colaboradores

A transformação digital chegou para ficar nas empresas. Seu impacto positivo é tamanho que chegou até mesmo a área mais humana: o RH. Segundo uma pesquisa realizada pela Deloitte, 69% das empresas dos Estados Unidos usam dados para gerir pessoas. Foi assim que surgiu o conceito de People Analytics!

Mas você sabe do que se trata? Nada mais é que o cruzamento e a análise de informações sobre os colaboradores aplicados à gestão de pessoas. Essa estratégia de Big Data facilita na tomada de decisão em situações boas e ruins.

Para que você entenda melhor em quais momentos essa metodologia pode auxiliar o setor de Recursos Humanos, levantamos alguns exemplos bastante comuns nas empresas. Além disso, comparamos de que forma isso era feito antes e como pode ser feito agora. Confira!

Quer saber como o TI e o RH podem andar de mãos dadas? Clique aqui!

Como o People Analytics pode contribuir com o RH?

A avaliação de dados inicia no momento em que a pessoa coloca os pés na empresa. Imagine que há uma vaga no setor de vendas e é preciso recrutar um novo funcionário. Antes da modernização era preciso agendar testes e entrevistas com diversos candidatos até encontrar aquele que teria o perfil para a oportunidade, fazendo com que todos perdessem tempo.

Agora é possível criar um teste online em que os interessados podem não só mostrar seus conhecimentos e experiências da área em que trabalharão, como também deixar claro para o profissional de RH o seu perfil. Com isso, fica mais fácil ser assertivo na escolha de quem chamar para entrevistas presenciais.

Depois de contratado, o colaborador continua gerando dados para a empresa. Desempenho, satisfação, comprometimento, faltas, integração, salários, entre outros, podem fazer parte das informações que são determinantes para uma promoção, readequação e até mesmo demissão. Se antes as tomadas de decisão eram feitas com base no feeling, hoje o People Analytics garante maior assertividade e rapidez.

Como criar esse fluxo na empresa?

Se você tem interesse em aplicar esta metodologia na organização em que trabalha, o primeiro passo é investir em profissionais qualificados para analisar as informações. Isso vai permitir que as necessidades corporativas sejam atendidas de forma precisa.

Procure realizar um bom mapeamento de dados e assegure uma coleta transparente e segura. Além disso, invista em elementos internos e externos que possam ser integrados e cruzados para realizar uma análise multidisciplinar deles.

A partir disso, faça um planejamento estratégico conforme as necessidades de toda a empresa, sempre lembrando que os bons resultados acontecem a médio ou longo prazo. Então, é só colocar as ações idealizadas em prática e gerenciá-las para que tenham um bom desenvolvimento.

Mas ele só serve para gerir as pessoas?

A resposta é não! O People Analytics também permite que a empresa identifique formas mais adequadas de proporcionar bem-estar e motivação aos funcionários e até mesmo encontrar a melhor opção para seu escritório.

Entenda como pode motivar seus funcionários clicando aqui.

Companhias como a WiserXP, parceira estratégica da Condeco no Brasil, realizam a gestão do espaço físico e ainda geram relatórios para os profissionais de RH por meio de suas soluções. Atualmente, oferecem ao mercado dois softwares: um voltado para o gerenciamento de salas de reunião e o outro para o gerenciamento de estações de trabalho.

Focado em áreas fechadas para conferências, a primeira ferramenta tem funcionalidade contínua para reservas de salas de reunião, catering e videoconferência, fornecendo uma visão clara das reservas e disponibilidade. Com ela, é possível marcar, selecionar a sala, convidar participantes, adicionar serviços e até mesmo alterar ou desmarcar tudo por meio do seu e-mail ou do aplicativo no seu celular.

 

Saiba mais sobre essa solução, clicando aqui.

Já o software voltado para gestão de baias flexíveis fornece ferramentas e dados para implementar e gerenciar estações de trabalho compartilhadas e rotativas, além de ajudar na localização e reserva de mesas que atendam às suas necessidades. Esta solução permite que o usuário faça a reserva de um espaço por meio de dispositivos moveis, web, quiosques ou até mesmo telas digitais posicionadas na mesa.

Saiba mais sobre essa ferramenta, clicando aqui.

Entenda a importância do People Analytics para os colaboradores

Segundo o estudo The Modern Workplace, realizado pela Condeco com mais de 750 CEOs, CTOs e responsáveis por workplaces, 52% dos entrevistados acreditam que um dos maiores desafios atuais das empresas é adaptar o ambiente corporativo conforme as expectativas dos colaboradores.

Ao conhecer melhor os funcionários, as organizações podem investir em formas de reter seus talentos, reconhecer seus esforços, transformar o local de trabalho em um lugar agradável de convivência e fazer com que eles sejam mais produtivos. Ganho para os colaboradores e ganho para a empresa!

Conheça as principais tendências para o setor de TI em 2020

Conheça as principais tendências para o setor de TI em 2020

Uma evolução da tecnologia impactou praticamente todos os setores de uma empresa. No entanto, aquele que mais precisa estar dentro das tendências de TI, uma vez que ele ajuda a identificar as inovações que podem ser úteis para outros.

 

Todos os pontos de atenção ao investir em uma tecnologia , os profissionais desta área podem ser parceiros importantes dos gestores na compra, contratação e incorporação de recursos digitais, além de gerenciar como informações internas.

 

Para permanecer dentro das novidades tecnológicas e entender melhor quais aspectos devem ser usados ​​para obter vantagens competitivas, eficiência e agilidade na tomada de decisão, verifique as soluções que serão destaque em 2020.

 

Cinco tendências para o setor de TI

 

Automação de processos robóticos: também conhecido como RPA, este tipo de tecnologia impacta diretamente na simplificação de transferências de trabalho para usuários e permite delegar tarefas repetitivas às permissões, permitindo que o tempo dos colaboradores possa ser usado de forma mais criativa.

 

Segundo ou levantamento do Gartner, um RPA é uma ferramenta mais implementada no mercado de software corporativo em todo o mundo e tem expectativa de fechar um ano com uma receita de US $ 1,3 bilhão.

 

Inteligência Artificial: além de agilizar ou processar informações, sejam escritas ou por áudio, um IA tem uma função muito importante na segurança cibernética das organizações. Ela consegue analisar várias centenas de bilhões de sinais nas redes em busca de possíveis violações.

 

DataOps: essa abordagem pode ajudar as empresas a ter mais equipes produtivas, uma vez que ajuda no gerenciamento de dados com inteligência artificial e aprendizado de máquina . Por ser muito complexo, exige um tempo de TI bastante qualificado para adoção.

 

De acordo com o Gartner, atualmente, os índices de adoção de DataOps são menores do que 1% do mercado. Contudo, esta aquisição trata de uma enorme vantagem competitiva.

 

Internet das Coisas: uma IoT pode ajudar a impulsionar as receitas das empresas. No entanto, essa ferramenta conecta dispositivos e fornece inteligência à nuvem em vez de ser inteligente para si, visto que produz uma massa de dados sobre quais são os usuários que não usam controle.

 

Edge Computing: a Edge Computing , que corresponde à troca de dispositivos de “borda” e abrange qualquer coisa que esteja conectada, como carros sem motorista, drones, entre outros dispositivos, oferece recursos locais de tomada de decisão e controle de dados pessoais.

 

Como o Wiser XP pode ajudar?

 

O Wiser XP oferece o mercado duas soluções de tecnologia criativa e inovadora focadas na gestão eficiente do espaço físico: uma voltada para salas de reunião e outra para estações de trabalho.

 

O primeiro software tem capacidade contínua para reservas de salas de reunião, restauração , vídeo conferência, fornecendo uma visão clara das reservas e disponibilidade. Quando uma reunião muda, tudo é atualizado em um processo rápido, mantendo todas as informações.

 

Os segundos ferramentas e dados para implementar e gerenciar estações de trabalho compartilhadas e rotativas, além de ajudar na localização e reserva de mesas que atendem às suas necessidades.

 

Gostou do post? Você já está por dentro das novidades da TI ? Deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas sobre o assunto!

Como a tecnologia e o RH podem andar de mãos dadas em prol da empresa?

Como a tecnologia e o RH podem andar de mãos dadas em prol da empresa?

Não é novidade que a tecnologia tem ajudado diversos setores dentro das organizações. Nenhum caso de RH , as soluções que otimizam processos, integram informações e auxiliam na seleção de candidatos, por exemplo, é fundamental.

Com essas ferramentas, o departamento de gestão de pessoas consegue ser mais ágil e analítico, uma vez que obtém reconhecimento de firma e consertos, com mais rapidez e automação de processos que antes eram manuais e mais lentos, fazendo com que o tempo seja usado estrategicamente.

Além disso, ao concentrar-se em informações em um único local, elimina-se a preocupação com perda e inconsistência de dados e permite que as rotinas simples possam ser mais assertivas e identificadas.

A necessidade de modernização dessa área passa, inclusive, pelo processo de seleção dos colaboradores. Antes de os profissionais perderem entre infinitos currículos, atualmente, uma caça por talentos se dá por meio de algoritmos e rastreamentos para encontrar candidatos que preencham os requisitos de cada vaga.

Conheça ferramentas tecnológicas ideais para RH

Sistemas de gestão de pessoas: para reunir todas as informações importantes como controle de ponto, histórico de férias, avaliação de desempenho, folha de pagamento, etc., em uma única plataforma, os processos corriqueiros se tornarem mais ágeis.

Gerenciamento de espaços: contratar tecnologias que auxiliam não somente com pessoas, mas com espaços físicos, como a automação de reservas de salas de reuniões e estações de trabalho, é possível permitir maior flexibilidade ao colaborador, otimização de tempo e redução de custos.

E-learning: os gastos com cursos presenciais podem ser eliminados ao usar um sistema para treinamentos corporativos online. Isso permite que os funcionários possam acessar qualquer hora e lugar, reduzindo sua aceitação.

Plataformas colaborativas: o RH também pode promover o crowdsourcing, onde os profissionais podem propor e trocar idéias sobre os projetos da organização. Dessa forma, uma empresa pode selecionar como melhores contribuições, abrir um canal de comunicação com os responsáveis ​​e ainda ter uma postura mais flexível e inovadora.

People Analytics: conjunto de inteligência de negócios e bigdata aplicado a pessoas é possível mapear dados técnicos e comportamentais de candidatos e colaboradores. Assim, os padrões são definidos e podem ser usados ​​em decisões estratégicas, como treinamento de líderes e programas de treinamento.

Como o Wiser XP pode ajudar?

O Wiser XP oferece o mercado duas tecnologias criativas e inovadoras focadas no desenvolvimento do gerenciamento do espaço físico que podem ser muito úteis para o RH : uma voltada para salas de reuniões e outra para estações de trabalho.

O primeiro software tem capacidade contínua para reservas de salas de reunião, restauração , vídeo conferência, fornecendo uma visão clara das reservas e disponibilidade. Quando uma reunião muda, tudo é atualizado em um processo rápido, mantendo todas as informações.

O segundo ferramentas e dados para implementar e gerenciar estações de trabalho compartilhadas e rotativas, além de ajudar na localização e reserva de mesas que atendem às suas necessidades.

Gostou do post? Quais ferramentas podem ser implementadas em sua empresa? Deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas sobre o assunto!

Vai investir em tecnologia? Veja 6 pontos para adquirir a melhor solução

Vai investir em tecnologia? Veja 6 pontos para adquirir a melhor solução

Nas empresas, os processos que antes eram executados manualmente estão sendo automatizados cada vez mais, e terminam quando as pessoas têm tempo para serem criativas, inovadoras e autenticas. O resto, elas podem deixar na mão da tecnologia .

 

Desde lembretes de atividades, agendamento e reserva de salas de reunião, seleção de estação de trabalho e até captação de dados para análise de bons exemplos de demandas que podem ser automatizadas para agilizar o dia a dia dos profissionais.

 

Segundo ou levantamento da Aberdeen Research, empresas que utilizam softwares especializados em gestão são 73% mais produtivos que aqueles que não fazem, além de reduzir os custos operacionais em 18% e os administrativos em 16%.

 

No entanto, como no local de trabalho , existem alguns pontos que devem ser considerados ao escolher a melhor solução para cada organização, conforme sua área de atuação, habilidades da equipe e quantidade de pessoas que podem utilizar.

 

Quais são os pontos de atenção quando escolher uma tecnologia?

 

Necessidade de melhorias: é importante entender qual processo da empresa pode ter um desempenho melhor com o suporte de uma solução tecnológica e escolher por aquele que mais se adequa ao cotidiano da equipe.

 

Custo-benefício: após essa definição, é preciso verificar o custo-benefício da solução. Muitas vezes, algumas opções não são tão baratas no primeiro momento, mas um longo prazo se torna muito mais interessante.

 

Compliance: com a LGPD a todo vapor, ter uma tecnologia que esteja dentro das regras é fundamental. Dessa forma, a companhia não precisa se preocupar com nenhum problema futuro.

 

Armazenamento: atualmente, o armazenamento em nuvem é o mais escolhido, uma vez que permite aos usuários acessar seus arquivos em qualquer lugar e a qualquer hora. Além disso, ainda previne que se perca tudo caso dê uma pane no servidor físico.

 

Adaptação: ao adquirir um software novo, existe um tempo de aprendizado até que todos os funcionários saibam utilizá-lo. Essa adaptação pode fazer com que a produtividade se perca por uns dias, porém ela pode ser ainda melhor no futuro.

 

Suporte: procure por um fornecedor que possa lhe dar todo o suporte necessário não apenas na implantação, mas também em momentos de dificuldades técnicas e até mesmo sugestão de outras soluções que podem ser adequadas para sua empresa.

 

Como a Wiser XP pode ajudar?

 

A Wiser XP oferece ao mercado duas soluções de tecnologia criativas e inovadoras focadas na gestão eficiente do espaço físico: uma voltada para salas de reunião e a outra para estações de trabalho.

 

O primeiro software tem funcionalidade contínua para reservas de salas de reunião, catering, vídeo conferência, fornecendo uma visão clara das reservas e disponibilidade. Quando a reunião muda, tudo é atualizado em um processo rápido, mantendo todos informados.

 

O segundo ferramentas e dados para implementar e gerenciar estações de trabalho compartilhadas e rotativas, além de ajudar na localização e reserva de mesas que atendem às suas necessidades.

 

Gostou do post? Como é esse processo em sua empresa? Deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas sobre o assunto!