Entraremos em contato  →

E

Home

Produtos

Soluções

Conteúdo

v

Contato

People Analytics: a importância de analisar dados dos seus colaboradores

People Analytics: a importância de analisar dados dos seus colaboradores

A transformação digital chegou para ficar nas empresas. Seu impacto positivo é tamanho que chegou até mesmo a área mais humana: o RH. Segundo uma pesquisa realizada pela Deloitte, 69% das empresas dos Estados Unidos usam dados para gerir pessoas. Foi assim que surgiu o conceito de People Analytics!

Mas você sabe do que se trata? Nada mais é que o cruzamento e a análise de informações sobre os colaboradores aplicados à gestão de pessoas. Essa estratégia de Big Data facilita na tomada de decisão em situações boas e ruins.

Para que você entenda melhor em quais momentos essa metodologia pode auxiliar o setor de Recursos Humanos, levantamos alguns exemplos bastante comuns nas empresas. Além disso, comparamos de que forma isso era feito antes e como pode ser feito agora. Confira!

Quer saber como o TI e o RH podem andar de mãos dadas? Clique aqui!

Como o People Analytics pode contribuir com o RH?

A avaliação de dados inicia no momento em que a pessoa coloca os pés na empresa. Imagine que há uma vaga no setor de vendas e é preciso recrutar um novo funcionário. Antes da modernização era preciso agendar testes e entrevistas com diversos candidatos até encontrar aquele que teria o perfil para a oportunidade, fazendo com que todos perdessem tempo.

Agora é possível criar um teste online em que os interessados podem não só mostrar seus conhecimentos e experiências da área em que trabalharão, como também deixar claro para o profissional de RH o seu perfil. Com isso, fica mais fácil ser assertivo na escolha de quem chamar para entrevistas presenciais.

Depois de contratado, o colaborador continua gerando dados para a empresa. Desempenho, satisfação, comprometimento, faltas, integração, salários, entre outros, podem fazer parte das informações que são determinantes para uma promoção, readequação e até mesmo demissão. Se antes as tomadas de decisão eram feitas com base no feeling, hoje o People Analytics garante maior assertividade e rapidez.

Como criar esse fluxo na empresa?

Se você tem interesse em aplicar esta metodologia na organização em que trabalha, o primeiro passo é investir em profissionais qualificados para analisar as informações. Isso vai permitir que as necessidades corporativas sejam atendidas de forma precisa.

Procure realizar um bom mapeamento de dados e assegure uma coleta transparente e segura. Além disso, invista em elementos internos e externos que possam ser integrados e cruzados para realizar uma análise multidisciplinar deles.

A partir disso, faça um planejamento estratégico conforme as necessidades de toda a empresa, sempre lembrando que os bons resultados acontecem a médio ou longo prazo. Então, é só colocar as ações idealizadas em prática e gerenciá-las para que tenham um bom desenvolvimento.

Mas ele só serve para gerir as pessoas?

A resposta é não! O People Analytics também permite que a empresa identifique formas mais adequadas de proporcionar bem-estar e motivação aos funcionários e até mesmo encontrar a melhor opção para seu escritório.

Entenda como pode motivar seus funcionários clicando aqui.

Companhias como a WiserXP, parceira estratégica da Condeco no Brasil, realizam a gestão do espaço físico e ainda geram relatórios para os profissionais de RH por meio de suas soluções. Atualmente, oferecem ao mercado dois softwares: um voltado para o gerenciamento de salas de reunião e o outro para o gerenciamento de estações de trabalho.

Focado em áreas fechadas para conferências, a primeira ferramenta tem funcionalidade contínua para reservas de salas de reunião, catering e videoconferência, fornecendo uma visão clara das reservas e disponibilidade. Com ela, é possível marcar, selecionar a sala, convidar participantes, adicionar serviços e até mesmo alterar ou desmarcar tudo por meio do seu e-mail ou do aplicativo no seu celular.

 

Saiba mais sobre essa solução, clicando aqui.

Já o software voltado para gestão de baias flexíveis fornece ferramentas e dados para implementar e gerenciar estações de trabalho compartilhadas e rotativas, além de ajudar na localização e reserva de mesas que atendam às suas necessidades. Esta solução permite que o usuário faça a reserva de um espaço por meio de dispositivos moveis, web, quiosques ou até mesmo telas digitais posicionadas na mesa.

Saiba mais sobre essa ferramenta, clicando aqui.

Entenda a importância do People Analytics para os colaboradores

Segundo o estudo The Modern Workplace, realizado pela Condeco com mais de 750 CEOs, CTOs e responsáveis por workplaces, 52% dos entrevistados acreditam que um dos maiores desafios atuais das empresas é adaptar o ambiente corporativo conforme as expectativas dos colaboradores.

Ao conhecer melhor os funcionários, as organizações podem investir em formas de reter seus talentos, reconhecer seus esforços, transformar o local de trabalho em um lugar agradável de convivência e fazer com que eles sejam mais produtivos. Ganho para os colaboradores e ganho para a empresa!

Você sabe calcular quanto custa uma estação de trabalho na sua empresa?

Você sabe calcular quanto custa uma estação de trabalho na sua empresa?

Já parou para pensar em quanto você gasta manter seu colaborador na tabela fixa e quanto economiza promovendo a mobilidade da estação de trabalho ? Nós fizemos esse levantamento, assim como já fizemos sobre salas de reunião , para que possamos analisar com mais propriedade e comparar com seus custos.

Na região da Avenida Faria Lima, área predominantemente comercial de São Paulo, por exemplo, uma mesa fixa pode custar aproximadamente R $ 2,7 mil por mês (R $ 32 mil ao ano) para uma empresa, conforme os dados da ferramenta da Cushman & Wakefield .

Esse levantamento também mostra que, ao realizar uma gestão eficiente, é possível economizar quase 25% por colaborador ao ano. Com uma análise das reais necessárias para sua equipe, uma empresa consegue melhorar a experiência geral, oferecendo mais espaços compartilhados e mais liberdade de escolha no seu local de trabalho.

Para fazer uma gestão eficiente no local de trabalho , é preciso analisar diversos fatores, como a equipe, uma modernização de processos e atividades, layout, entre outros, e basear suas análises em informações reais e recomendações de hora e dos gestores. Um Exemplo Prático para ISSO seria o Uso de baías Flexíveis, that atrelado a hum software de Análise de OSU, PODE Diminuir  a Quantidade d e Estações sem mexer nenhum Número de Colaboradores . 

A Sodexo , empresa líder em gestão de serviços focada na qualidade de vida, conseguiu diminuir seus custos em R $ 13,5 milhões de reais com a implementação de soluções comercializadas pelo Wiser XP no local de trabalho que maximizou a utilização de seus imóveis e migrou para um ambiente integrado e versátil.

5 benefícios da estação de trabalho ser flexível

1 – Liberdade: ao dar autonomia para que o colaborador escolha onde deseja se sentar naquele dia ou até mesmo a possibilidade de realizar home office , uma companhia demonstra confiança em seu desempenho. Dessa forma, ele se sente mais seguro e mais confortável, caso precise remanejar horários para resolver outras demandas, por exemplo.

2 – Inovação: a modernização dos escritórios já é uma realidade, principalmente nas grandes empresas como a Microsoft, que já estão usando esta estratégia em seus ambientes corporativos. Além de abolir as tabelas selecionadas, também investe em espaços abertos que podem ser usados ​​para trabalhar.

3 – Igualdade: ao retirar uma estação de trabalho fixa, todos podem realizar suas funções de qualquer posto. Sendo assim, como diferenças hierárquicas são atenuadas, favorecendo a idéia de importância de todos os funcionários.

4 – Integração: hoje, um colaborador pode sentar aqui, amanhã, nenhum outro dia. Com isso, uma relação entre eles vai se estreitar e facilitar que todos tenham a oportunidade de conhecer. Isso não é apenas uma amizade, como também o espírito colaborativo do ambiente.

5 – Redução de custos: normalmente, ao escolher um local para organização de organização, não pensa em total de funcionários. No entanto, com uma análise simples de quantos realmente são necessários uma estação e quantos podem dividir a mesma, é possível colocar um sistema de rotatividade, acomodar todos e diminuir os gastos.

Gerenciamento eficiente do espaço físico

Chegou recentemente ao Brasil por meio do Wiser XP, uma tecnologia criativa e inovadora focada no gerenciamento de espaços físicos e voltados para estações de trabalho que são muito úteis para os setores de TI, RH e instalações.

Uma solução de ferramentas e dados para implementar e gerenciar espaços flexíveis, dinâmicos e rotativos para equipes ágeis. Com um aplicativo fácil de usar, ajuda na localização e reserva de mesas que atendem às suas necessidades.

Além disso, ainda é disponibilizado um relatório completo das reservas de estações que permitem que os setores monitorados ou usem o espaço de trabalho e utilizem os dados para impulsionar melhorias contínuas.

Gostou do post? Já calculou quando está custando cada estação de trabalho na sua empresa? Deixe seu comentário e compartilhe com as pessoas sobre o assunto!

Você sabe como proporcionar mais motivação aos seus colaboradores?

Você sabe como proporcionar mais motivação aos seus colaboradores?

Uma das chaves para uma empresa que apresenta bons resultados é o desempenho de sua equipe. Isso é porque são as pessoas as principais responsáveis ​​pela execução das demandas. Por essa razão, a motivação dos colaboradores é algo que merece muita atenção dos empreendedores, gestores e setor de RH.

Segundo uma pesquisa feita pela Gallup, consultoria global focada no ambiente corporativo, ou ganho em reprodutor pode ser até 12% maior quando profissionais qualificados motivados. No entanto, isso não é algo simples e fácil de realizar, uma vez que cada um tem suas expectativas, projeções e exigências.

Para ações mais efetivas, é importante que o RH faça um estudo dos funcionários e ambientes da empresa e entenda quais atitudes e mudanças podem trazer mais qualidade de vida para as pessoas satisfeitas. Conheça cinco formas que fazem toda a diferença pelo seu tempo no cotidiano corporativo.

Como dar mais motivação aos funcionários?

Reconhecimento profissional: para muitos colaboradores, o reconhecimento de seu desempenho nas funções que exercem é de extrema importância. Afinal, saber o quanto de contribuição para uma empresa e como está sendo desenvolvido é gratificante.

O reconhecimento também deve acontecer financeiramente com um aumento ou bônus salarial, uma vez que é um ponto bastante relevante. Em uma pesquisa realizada pelo Love Monday, site de avaliação de empresas, uma insatisfação com o salário ficou no primeiro lugar como o aspecto que mais incomoda como pessoas.

feedbacks : como devolutivas são formas genuínas de reconhecer os talentos, os resultados e como condutas. Os líderes devem usar as próximas sessões de sua equipe com o intuito de orientar, ensinar, aprender e valorizar os indivíduos. No entanto, o ideal é que eles se conectem de forma a não exportar ninguém.

Já os elogios podem ser feitos na presença dos demais, de forma específica e deixando claros os motivos pelos quais a pessoa está recebendo a congratulação. Isso demonstra respeito, coerência e é uma boa forma de indicar aos outros colaboradores os caminhos que podem ser seguidos para ter o mesmo reconhecimento.

Oportunidades: a motivação também aparece a partir das oportunidades criadas ou pensadas para os profissionais. Todos querem ter a chance de aprender, ampliar os conhecimentos e experiências e ser bem sucedido. Por isso, empresas com planos de carreira são mais procuradas, uma vez que dão mais perspectivas de futuro e crescimento.

Treinamento e desenvolvimento: dar a oportunidade dos funcionários fazerem treinamentos e cursos de aperfeiçoamento e capacitação é uma forma de reconhecer o valor deles e incentivar a atualização profissional. Isso não só os desenvolve, como também permite que a empresa tenha equipes mais capacitadas e dispostas a retribuir os investimentos com um desempenho melhor.

Ambiente agradável: por passar a maior parte do dia no trabalho, é preciso que as pessoas se sintam confortáveis onde estão. Além de investir em um layout que atenda às demandas de serviço, é essencial cuidar da qualidade do clima organizacional e proporcionar um espaço construtivo, salubre e que favoreça o aumento de motivação, engajamento e produtividade.

De que forma a Wiser XP pode ajudar?

Para auxiliar um RH mais estratégico e que faz com que os colaboradores deixem de ter rotinas robotizadas para dar espaço para a criatividade, a Wiser XP oferece ao mercado duas tecnologias voltadas para a gestão de espaço corporativo.

O primeiro software tem funcionalidade contínua para reservas de salas de reunião, catering, vídeo conferência, fornecendo uma visão clara das reservas e disponibilidade. Quando a reunião muda, tudo é atualizado em um processo rápido, mantendo todos informados.

O segundo fornece ferramentas e dados para implementar e gerenciar estações de trabalho compartilhadas e rotativas, além de ajudar na localização e reserva de mesas que atendam às suas necessidades.

Gostou do post? De que forma a sua empresa oferece mais motivação aos funcionários? Deixe seu comentário e compartilhe com algumas das suas estratégias.