(Bloomberg) — A Nokia planeja redesenhar seus escritórios globalmente, adaptando os ambientes de trabalho em 130 países para um modelo pós-pandemia mais flexível.

A empresa finlandesa está tentando capturar os benefícios de ter praticamente todos os funcionários trabalhando remotamente nos últimos 15 meses. A partir do próximo ano, cerca de 70% do espaço dos escritórios será dedicado à colaboração e ao trabalho em equipe, que terá a flexibilidade de trabalhar até três dias por semana remotamente, disse a empresa finlandesa de equipamentos para rede 5G na terça-feira.

“A pandemia forçou as organizações a mudar. A tecnologia deu às pessoas as ferramentas para inovar. Em muitos casos, os resultados têm sido bons demais para voltar à velha maneira de fazer as coisas”, disse o CEO Pekka Lundmark. “Estamos acelerando nossa transição para nos tornarmos um local de trabalho global totalmente híbrido.”

As novas regras serão aplicadas a todos os funcionários – 92.000 em todo o mundo no ano passado – que terão um “aplicativo de escritório inteligente” para reservar espaços de trabalho e comodidades no escritório. A nova política segue uma pesquisa com respostas de mais de um quarto de seus funcionários, onde 91% dos entrevistados disseram que mantiveram ou aumentaram sua produtividade durante o tempo de trabalho em casa e queriam continuar trabalhando em um ambiente híbrido.

Alguns locais piloto, incluindo escritórios em Dallas, Cingapura e Budapeste, já foram reconfigurados, disse a Nokia.

Matéria de: Kati Pohjanpalo

Leia também: